© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+
  • Barbosa

1917 - RESENHA



No ano de 1917 dois soldados britânicos, Blake e Schofield, são designados para levar uma mensagem até o outro lado das linhas alemãs com a ordem de cancelar um ataque que, na verdade, resultaria no massacre do regimento inglês. A missão tem um peso maior para um dos cabos, visto que seu irmão é tenente nas tropas que estão prestes a cair na armadilha alemã.


Não há nada muito original no roteiro de 1917, trata-se da tradicional jornada do ponta A para o ponto B. Talvez a maior inovação aqui seja a ambientação durante os eventos da primeira guerra mundial. Enquanto que a segunda guerra se trata de um tema já amplamente explorado no cinema, poucas obras tratam sobre a primeira.


No entanto, não há duvidas de que o ponto que realmente mais chama a atenção é o fato da história ser contada em apenas dois grandes planos-sequencia, ou seja, com apenas um corte explícito. Obviamente que o filme não foi rodado em apenas duas tomadas, e se o espectador prestar atenção suficiente consegue identificar os poucos momentos de corte das cenas. O método escolhido pelo diretor Sam Mendes consegue criar uma experiencia de imersão unica, capaz de aumentar a conexão do espectador com os personagens. A câmera em movimento, acompanhando constantemente esses soldados através do campo de batalha cria a ilusão que estamos realmente viajando com eles, acompanhando cada passo de suas jornadas.


1917 recebeu dez indicações ao Oscar, dentre elas a de melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro, e é um dos favoritos para ganhar a principal premiação, principalmente depois de faturar o Globo de Ouro de melhor filme de drama.


Nota: 8,0 / 10,0


Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=dglqGGyWbVo

12 visualizações2 comentários