• Barbosa

Conhecendo o Theatro Municipal



Apesar do nome o Teatro pertence ao governo do Estado do Rio de Janeiro e depende basicamente do repasse de verbas para cobrir seus custos. Sendo que a receita com bilheteria corresponde a aproximadamente 30% das despesas do teatro. O prédio foi inaugurado em 1909 e um dos maiores entusiastas de sua construção foi o dramaturgo Artur Azevedo, irmão de Aluísio Azevedo (aquele de O Cortiço), que, no entanto, faleceu antes da conclusão das obras.


O projeto foi iniciado durante o governo de Pereira Passos e a planta arquitetônica vencedora do processo de licitação foi de autoria de seu próprio filho. Para evitar polêmicas a prefeitura decidiu por construir um hibrido entre o projeto vencedor e o segundo colocado.


Esses e outros detalhes interessantes sobre a história e a arquitetura do Theatro Municipal são tema da visita guiada que ocorre de Terça a Sábado no local. A capacidade é de 50 pessoas por grupo e são três horários por dia, por isso é importante chegar cedo para conseguir comprar o ingresso. A inteira custa 20 reais e a visita dura mais ou menos uma hora.


O tour cobre o Salão Assírio, onde hoje funciona um café em dias de espetáculo, o Hall dos Bustos, a Escadaria Principal com suas esculturas em mármore e vitrais, a Sala de Espetáculos e a Varanda com vista para a Cinelândia.


Abraços

0 visualização

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+