• Barbosa

Fla-Íbis

Atualizado: Jun 17


Recentemente fiz um post exaltando os melhores que vi atuar com a camisa do Flamengo, onde escolhi dois jogadores por posição. Se você ainda não viu é só clicar aqui.


No entanto, conversando com uns amigos percebi o quanto os millenials têm uma visão diferente do Flamengo do que a que meus amigos da mesma faixa etária e eu tivemos. Ora, se você nasceu em 2000 provavelmente lembra bem do brasileiro de 2009 e da Copa do Brasil de 2013, viu o time disputar 6 dos últimas 10 libertadores, além de ter visto jogadores como Ronaldinho Gaúcho, Adriano, Vagner Love e Gabigol comandando o time. Sejamos sinceros, seu padrão de time “ruim” é o Flamengo de 2014.


Por outro lado, para nós que estamos na casa dos 30 o Flamengo foi motivo de alguns sofrimentos antes de se tornar essa máquina que vemos hoje. Novos demais para nos lembrarmos dos times do final dos anos 80 / início de 90, nossa ambição era vencer nossos rivais regionais. E por isso sinto que a rivalidade com os coirmãos, principalmente o Vasco, era muito mais acirrada.


Pensando nos anos de vacas magras farei um exercício de imaginação e tentarei escalar um time com os piores jogadores que vi atuar pelo Flamengo. Vou usar como premissa jogadores que tenham vestido a camisa do clube em pelo menos 19 jogos, ou seja, metade das 38 rodadas do campeonato brasileiro atual. O técnico escolhido para dirigir essa bomba é o Ney Franco, então vou usar o esquema preferido dele: o 3-5-2.


Goleiro: Diego – O eterno bracinho de jacaré era da base do Fla e deveria ter sido o sucessor de Julio Cesar, mas as falhas em sequência e a falta de confiança que passava na meta rubro negra fizeram com que jogador fosse renegado à segundo reserva em determinado momento.


Zagueiro: Rodrigo Arroz – Esse ficou muitos anos no Flamengo, mas felizmente nunca conseguiu se firmar como titular. Após sair do Fla jogou em times como Beleneses, Barueri e Guarani, o que diz muito sobre o nível desse jogador.


Zagueiro: Fernando – Outro que era cria da Gávea. Enquanto que hoje o Flamengo revela zagueiros como Samir e Leo Duarte, no inicio dos anos 2000 revelávamos Fernando. A imagem dele tentando sair driblando o Mineiro, jogador do São Paulo, em 2006 ainda está na minha mente.


Zagueiro: Rafael Vaz – Esse é mais recente. Poucos jogadores me fizeram passar tanta raiva quando Rafael Vaz. Seu maior problema era se achar o novo Beckenbauer. Suas falhas na zaga nos custaram eliminações na libertadores e a perda de muitos pontos.


Ala Direito: Fierro – Esse esta no rol dos piores gringos que já atuaram pelo mengo. Ficou três temporadas no clube, entre 2008 e 2011, e conseguiu a proeza de fazer dois (!) gols pelo time durante sua passagem.


Volante: Jailton – Talvez Jailton não fosse um completo perna de pau, mas foi o jogador que mais me fez passar raiva. Ele era o equivalente ao zagueiro Welinton dos anos 2007-08, a torcida pegava no pé dele mas os treinadores adoravam.


Volante: Claiton – Veio para o Flamengo para disputar a Libertadores de 2007 após uma boa temporada no Botafogo, o que talvez explique a vergonha que passamos no torneio daquele ano, sendo eliminados para o Defensor do Uruguai.


Meia: Peralta – Quem diria que um jogador contratado baseado em imagens de um DVD não daria certo? Peralta é mais um dos gringos que decepcionaram com a camisa rubro negra e se destacou mais na noite carioca do que dentro de campo.


Ala Esquerdo: Egídio – Quem vê o histórico de três títulos brasileiros e mais três da Copa do Brasil não imagina a draga que Egídio foi no Flamengo. Formado nas divisões de base do time, subiu para os profissionais em 2005 onde ficou até ser vendido em 2012 sem deixar saudades.


Atacante: Dimba – Antes de craques como Adriano, Vagner Love e Gabigol o Flamengo tentava buscar o artilheiro de campeonatos anteriores. Foi assim com Dourado, Souza, Josiel e Dimba. O jogador chegou ao clube em 2005 onde marcou incríveis 7 gols.


Atacante: Val Baiano - Após ser vice artilheiro do brasileiro de 2009 pelo Barueri, Val Baiano foi contratado para substituir ninguém menos que Adriano Imperador. Após uma temporada em que marcou três (!) gols voltou para o Barueri.


Menções honrosas para Leo Medeiros, Roni, Bruno Mezenga e Welinton.


E o meu Flamengo dos pesadelos ficou: Diego; Rodrigo Arroz, Fernando e Rafael Vaz; Fierro, Jailton, Claiton, Peralta e Egídio; Dimba e Val Baiano. Convido o amigo a escalar os piores do seu time nos comentários.

0 visualização

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+