• Barbosa

Os 10 Melhores Filmes de Terror do Século XX – Parte II


No post sobre 6 filmes de terror da nova geração um amigo sugeriu uma lista dos melhores filmes de terror de todos os tempos. Penso que a era de ouro do estilo foi entre os anos 60 e 80, então possivelmente a lista ficaria muito concentrada nessa época. Além disso, seria muita pretensão minha elencar os melhores filmes de todos os tempos nesse gênero, então resolvi atender ao pedido desse amigo com meus dez filmes de terror preferidos do século passado, mas escolhendo apenas um de cada década.

Foi divertido montar essa lista, pois enquanto em determinada época eu só conhecia um filme mesmo, em outras tem tantos ótimos que foi difícil elencar apenas um. Lembrando que esta é a segunda parte da lista, confira também a primeira parte.


Bem, vamos a lista!


1951-1960: Psicose (1960)


Sinopse: A secretária Marion Crane (Janet Leigh) rouba 40 mil dólares de seu chefe para fugir com seu namorado, Sam Loomis (John Gavin). Viajando por estradas vicinais para evitar a polícia, ela resolve passar a noite no precário Bates Motel, onde conhece o educado, mas sinistro proprietário Norman Bates (Anthony Perkins), um jovem interessado em taxidermia que tem um relacionamento difícil com sua mãe.


Opinião com spoilers: Apenas uma das obras primas do cinema, e não apenas do gênero de terror, de um dos maiores gênios da sétima arte. A primeira vez que você vê “Psicose” é uma experiência de tirar o fôlego, parece que a todo momento Hitchcock está tentando subverter as expectativas de quem está assistindo. Imagino como deve ter sido para àqueles expectadores há 60 anos acompanhar as consequências das escolhas de Marion.

Esse filme estabeleceu tantos conceitos na cultura pop que você tem a impressão de já conhecer a história antes mesmo de assisti-lo. Se em “O Gabinete do Dr Caligari” temos possivelmente um dos primeiros plot twists do cinema, aqui o conceito é levado a outro nível.


1961-1970: O Bebê de Rosemary (1968)


Sinopse: Uma jovem esposa passa a acreditar que foi engravidada pelo demônio. Rosemary Woodhouse (Mia Farrow) e seu marido Guy (John Cassavetes), mudam-se para um prédio na cidade de Nova York e logo conhecem os estranhos vizinhos Roman e Minnie Castavet. Quando Rosemary fica grávida ela se vê cada vez mais isolada e desamparada pelo atormentado marido, e a verdade diabólica só é revelada depois que Rosemary dá à luz.


Opinião com spoilers: Esse filme de Roman Polanski constrói um nível de tensão absurdo. Acompanhamos a história pelo ponto de vista de Rosemary, então as informações que temos são as mesmas que a protagonista. Percebemos que coisas estranhas estão acontecendo, mas todas possuem explicações plausíveis. Vemos essa jovem grávida sendo sistematicamente afastada das pessoas de sua confiança: amigos, médicos, família. Em paralelo cresce o número de novos conhecidos que anseiam por ajuda-la nesse momento.

Será que existe uma conspiração em curso, ou essa paranoia é fruto do estado de angustia mental de Rosemary? E se existe realmente uma seita ela tem alguma chance de manter a si e seu bebê seguros? Destaque para a atuação e transformação de Mia Farrow. Um ótimo exemplo de terror urbano, já que raramente vemos filmes desse gênero em grandes cidades como Nova York.


1971-1980: O Iluminado (1980)


Sinopse: Jack Torrance (Jack Nicholson) é um escritor que aceita o emprego de zelador de inverno no isolado Hotel Overlook na esperança de curar seu bloqueio criativo. Junto com sua esposa Wendy (Shelley Duvall) e seu filho Danny (Danny Lloyd) eles se mudam para o macabro hotel. No entanto, enquanto a escrita de Jack não avança e as visões psíquicas que Danny sofre se tornam mais perturbadoras, o escritor descobre segredos sombrios do hotel e começa a se mostrar um maníaco homicida disposto a executar sua própria família.


Opinião com spoilers: Já assisti esse filme tantas vezes e conversei tanto sobre ele que se tornou difícil escrever para alguém que nunca tenha visto a obra. Bem, basta dizer que é meu filme favorito de um dos maiores gênios da história do cinema. Estamos falando do diretor de “Spartacus”, “Dr. Fantástico”, “Uma Odisseia no Espaço”, “Laranja Mecânica” e “Nascido para Matar”, só para ficar em alguns.

Sobre o filme, imagine um hotel nas montanhas que fica inacessível durante vários meses do ano, no auge do inverno. E essa estrutura cavernosa e gigantesca é habitada apenas por uma família: um marido ex-alcoólatra, uma esposa submissa e um menino de cinco anos que sofre com perturbações psíquicas. Nesse cenário implacável, onde dia após dia as tempestades de neve vão ficando mais intensas, enquanto essa prisão vai tomando conta da mente de Jack acompanhamos o processo de enlouquecimento do homem. É importante pontuar que o hotel foi palco de diversos assassinatos e suicídios ao longo dos anos.


1981-1990: O Enigma do Outro Mundo (1982)


Sinopse: Um grupo de cientistas americanos alocados na Antártica é perturbado em seu acampamento por um helicóptero da estação norueguesa que tenta matar um cão. Ao resgatar o cachorro, ele ataca brutalmente as pessoas e, então, eles descobrem que o animal está infectado por uma criatura que pode assumir a forma de suas vítimas. Um piloto de helicóptero (Kurt Russell) e o médico de campo (Richard Dysart) lideram a equipe em uma batalha desesperada contra a criatura desconhecida antes que ela mate a todos.


Opinião com spoilers: Do mesmo diretor de “Halloween”, a palavra que resume “O Enigma de Outro Mundo” é paranoia. Como combater uma criatura que pode tomar a forma de sua vítima? Sendo uma cópia perfeita desta. Partindo dessa premissa John Carpenter nos leva a outro nível de tensão, pois temos acesso às mesmas informações que os personagens do filme. Ninguém na estação de pesquisa é confiável, então o inimigo pode ser qualquer um, inclusive um aliado.

Ao juntar elementos como isolamento, paranoia e um perigo real e invisível Carpenter criou um dos mais imersivos horrores de ficção científica de todos os tempos. Penso ainda que o filme envelheceu muito bem devido aos seus efeitos práticos, diferente do que acontece com obras computadorizadas do início dos anos 2000.


1991-2000: O Silencio dos Inocentes (1991)


Sinopse: Clarice (Jodie Foster) é uma agente em treinamento do FBI que trabalha na agência sob a liderança de Jack Crawford (Scott Glenn), enquanto tenta esconder suas raízes. Crawford pede que ela entreviste o Dr. Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), um psiquiatra brilhante que está preso em uma unidade de segurança máxima por assassinato e canibalismo. O objetivo de Crawford é que Clarice consiga obter ajuda de Hannibal para resolver outro caso de assassinato em série: o do criminoso conhecido como "Buffalo Bill" (Ted Levine), que matou cinco jovens mulheres.


Opinião com spoilers: Baseado na obra de Thomas Harris, esse filme é muitas vezes classificado como um dos melhores de todos os tempos, até mesmo extrapolando seu gênero. Inclusive foi apenas o terceiro filme da história a ganhar os cinco principais prêmios do Oscar: Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Atriz. Os outros dois foram “Aconteceu Naquela Noite” (1934) e “Um Estranho no Ninho” (1975).

A atuação de Anthony Hopkins como Dr. Hannibal Lecter ficou marcada de tal modo no imaginário popular que seu personagem é a primeira figura que vem à mente quando pensamos no filme, no entanto, seu tempo de tela é de apenas 25 minutos conferindo ainda mais peso a esse icônico personagem.


Chegamos ao final dessa humilde lista, que obviamente não é totalmente imparcial. Ficou claro minha preferência por thrillers do que por slashers, por exemplo. Algumas menções honrosas são: O Exorcista (1973), Tubarão (1975), Alien, o 8º Passageiro (1979), Poltergeinst (1982), Pânico (1996), O 6º Sentido (1999).


E a lista resumida ficou:

Frankenstein (1910)

O Gabinete do Dr. Caligari (1920)

Nosferatu (1922)

Frankenstein (1931)

Sangue de Pantera (1942)

Psicose (1960)

O Bebê de Rosemary (1968)

O Iluminado (1980)

O Enigma do Outro Mundo (1982)

O Silencio dos Inocentes (1991)


Convido vocês a continuarem com ela nos comentários.


Até a próxima!

43 visualizações8 comentários

Posts recentes

Ver tudo

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+