• Barbosa

#LISTA: Livros 2019



1. O Conto da Aia - Margaret Atwood

Sinopse: Este romance distópico se passa num futuro muito próximo e tem como cenário um Estado teocrático e totalitário, onde as mulheres são as vítimas preferenciais, anuladas por uma opressão sem precedentes.


Opinião: Em Gilead os homens são os governantes e as mulheres são divididas em castas, cada qual com um papel específico nessa nova sociedade. A protagonista Offred (Of Fred) é uma aia, cujo propósito é unicamente a procriação, uma vez que nesse cenário a maioria das pessoas são estéreis.


2. As Veias Abertas da América Latina - Eduardo Galeano

Sinopse: Este livro tornou-se um 'clássico libertário', um inventário da dependência e da vassalagem de que a América Latina tem sido vítima, desde que nela aportaram os europeus. Primeiro, espanhóis e portugueses. Depois ingleses, holandeses, franceses e norte-americanos, e o ancestral cenário permanece - submissão, miséria, espoliação.


Opinião: Livro indispensável para entender as raízes da construção do povo latino americano e as causas que levaram um continente tão rico em recursos (muito mais que os vizinhos do norte) a padecer de cinco séculos de miséria sem perspectivas de mudança.


3. Fahreiheint 451 - Ray Bradbury

Sinopse: A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa. Trata-se da indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum.


Opinião: O livro descreve um governo totalitário onde livros são proibidos em uma tentativa de evitar a instrução do povo. O único meio pelo qual as pessoas têm conhecimento dos fatos é por aparelhos de TV. Nesse mundo, a função dos bombeiros deixou de ser combater incêndios para causá-los.


4. Pós-Verdade: A Nova Guerra Contra os Fatos em Tempos de Fake News - Mattew D'Ancona

Sinopse: Neste livro revelador a pós-verdade é diferenciada de uma longa tradição de mentiras políticas, mostrando o poder das mídias sociais de manipularem, polarizarem e enraizarem opiniões. Quando os apelos à emoção, a crenças e a ideologias têm mais influência em moldar a opinião pública que os fatos objetivos.


Opinião: A partir de uma análise da ultima eleição norte-americana e do Brexit, D'Ancona mostra como a exaltação da não-política e a polarização levaram sociedades evoluídas a rejeitar os fatos e abraçar o conforto do senso comum.


5. A Viagem do Elefante - José Saramago

Sinopse: Saramago narra a insólita viagem de um elefante chamado Salomão, que no século XVI cruzou metade da Europa, de Lisboa a Viena, por extravagâncias de um rei e um arquiduque. O episódio é verdadeiro. Dom João III resolveu numa bela noite de 1551 oferecer ao arquiduque austríaco Maximiliano II nada menos que um elefante.


Opinião: A historia do paquiderme e seu tratador é pano de fundo para uma análise da natureza humana, retratada nos diversos personagens (realeza, militares, sacerdotes e camponeses) que interagem com a dupla durante a viagem fantástica.


6. SCRUM: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo - Jeff Sutherland

Sinopse: Para aqueles que acreditam que deve haver uma maneira mais eficiente de se fazer as coisas, este é um livro instigante sobre um processo de gestão. Jeff Sutherland, empreendedor que desenvolveu a primeira equipe Scrum apresenta seu método de maneira brilhante e lúcida.


Opinião: Um dos co-autores do método SCRUM explica de forma didática em que consiste o método e como utilizá-lo de forma correta pode melhorar a produtividade de uma equipe em varias vezes.


7. O Apanhador no Campo de Centeio - J. D. Salinger

Sinopse: Um dos romances mais revolucionários do século XX, é a representação definitiva da juventude na literatura. O livro influenciou e marcou gerações de leitores com sua visão crua da adolescência, sua prosa ágil e desbocada e seu humor feroz e anárquico.


Opinião: Esse livro nos mostra dois dias na vida de um adolescente que é expulso de mais um colégio e resolve passar os dias que antecedem o Natal por conta própria em Nova York enquanto reflete sobre sua existência e o que a sociedade espera dele em um mundo governado por "fajutos".


8. O Sol é Para Todos - Harper Lee

Sinopse: Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.


Opinião: O livro é retratado através dos olhos de Scout, uma menina cujo pai foi designado para defender um homem negro em uma comunidade racista. Esse romance mostra como as atitudes de uma pessoa podem fazer a diferença em seu meio, mas que conceitos enraizados são difíceis de serem mudados.


9. Buracos Negros - Stephen Hawking

Sinopse: Em 2016 Stephen Hawking participou da série de palestras promovida pela rede de televisão britânica BBC. Hawking falou sobre um assunto que há décadas ocupa lugar de destaque em suas pesquisas: os buracos negros.


Opinião: Trata-se da transcrição de duas palestras de Hawking, onde ele teoriza sobre a origem e comportamento dos buracos negros, e discorre sobre como o entendimento desse fenômeno pode ajudar a compreender melhor os segredos sa formação do próprio universo.


10. Pesadelos e Assombrações - Leandro Barreiros

Sinopse: Em "Descobertas", um morto se arrasta pelo inferno na esperança de encontrar um demônio que lhe restitua a vida. Na história "O Milagre do livro Preto", nosso desafortunado herói se depara com um curioso manuscrito abandonado na rua. Em "Depois do duelo", dois homens disputam uma vendeta mortal. Por fim, "O morto e Burumé" conta a história de pessoas assombradas por um fantasma assombrado por um demônio.


Opinião: O autor não se prende a um único estilo de escrita, ora você sente que está lendo Clive Barker, ora parece H. P. Lovecraft e no momento seguinte Stephen King. Todos os contos são extremamente dinâmicos, prendem nossa curiosidade e divertem.


11. Subcidadania Brasileira - Jessé Souza

Sinopse: Crítico da corrente acadêmica que busca na herança colonial portuguesa e no patrimonialismo as chaves para desvendar todos os males da sociedade brasileira, Jessé afirma que a soma incalculável de privilégios acumulados pelas elites, aliada a um racismo estrutural, são os verdadeiros responsáveis por nossas desigualdades.


Opinião: Por meio de trabalhos acadêmicos Jessé contextualiza historicamente, desde o colonialismo, os elementos que levaram ao desenvolvimento de uma sub classe de cidadãos brasileiros que perdura até os dias de hoje. E como a existência desses sub cidadãos é justificada pelas instituições.


12. Ensaio Sobre a Cegueira - José Saramago

Sinopse: Um motorista parado no sinal se descobre subitamente cego. É o primeiro caso de uma "treva branca" que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos se perceberão reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas.


Opinião: Saramago imagina o que aconteceria com nossa sociedade se subitamente a população começasse a cegar de forma epidêmica. Como o governo reagiria e como se organizariam os novos poderes? Um livro sobre humanidade e civilidade.

0 visualização

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+